Vamos dá uma breve explicação sobre os satélites “anões”, ou melhor, os satélites “só para os baixinhos”, a prova que tamanho não é documento. e falar sobre interceptações de satélites.

CubeSats

CubeSats são satélites em miniatura que foram usados ​​exclusivamente na órbita baixa da Terra por 15 anos, e agora estão sendo usados ​​para missões interplanetárias. No começo, eles eram comumente usados ​​na órbita baixa da Terra para aplicações como sensoriamento remoto ou comunicações. Em meados de 2018, um par de CubeSats foi implantado em uma missão voando para Marte, e outros CubeSats estão sendo considerados para a lua e Júpiter.

Um pequeno satélite é geralmente definido como pesando menos de 500 kg. Inclui nanossatélites (menos de 10 kg) e picosatélites (menos de 1 kg), bem como satélites conhecidos como CubeSats. Um CubeSat é um tipo padronizado de nanossatélites que compreende até seis unidades modulares (ou cubos), cada uma medindo 10 x 10 x 10 cm.O projeto básico de um CubeSat é um cubo de 10 centímetros com uma massa de menos de 1,33 kg. O CubeSat geralmente são feitos com Arduino e programado por pesquisadores astrônomos. Existem alguns desafios de design com o CubeSats, no entanto. Os componentes eletrônicos são menores e, portanto, mais sensíveis à radiação. Por serem pequenos, não podem carregar grandes cargas com eles. Seu baixo custo também significa que eles geralmente são projetados para durar apenas algumas semanas, meses ou anos antes de cessar as operações.

Observação:

Satélite CubeSat na maioria das vezes por serem feitos de forma mais simples e também quase sempre é de comunicação, Maioria desses CubeSats também são abertos para radioamadores que tem licença para isso, fora isso você TRANSMITIR é ilegal, mas apenas ESCUTAR é permitido!

Satélites

Os satélites assumiram um papel crucial em nossa sociedade contemporânea; eles são usados nos setores público e privado para vários propósitos, da comunicação à pesquisa. Infelizmente, com a difusão desse complexo sistema, o interesse de governos e hackers também aumentou; sua segurança é hoje um pilar da estratégia de segurança cibernética do governo mais avançado

Os satélites também são classificados com base em sua altura acima da superfície da Terra. Os tipos de satélites são:

Órbitas terrestres baixas (LEO) — Esses satélites estão na faixa de 180 a 2 mil quilômetros acima da Terra. A maioria desses satélites é para fins militares e coleta de dados meteorológicos.

Órbitas médias da Terra (MEO) — Esses satélites estão na faixa de 2.000 a 36.000 quilômetros. Os satélites de navegação são desse tipo.

Órbitas geossíncronas (GEO) — Os satélites GEO, também conhecidos como satélites geoestacionários, estão na faixa de mais de 36.000 quilômetros. Encontram-se presentes em televisão e comunicação.

Os satélites usados ​​para sinais de televisão ou comunicação geralmente estão em órbita elíptica ou em órbita geoestacionária. A maioria desses satélites usa o padrão DVB para transmissão.

O Projeto DVB é uma aliança de 200 empresas mundiais. A transmissão de vídeo digital é usada em todo o mundo para oferecer conteúdo multimídia e televisão. O padrão DVB foi adotado por todos os países e é a referência para a televisão digital em todo o mundo. O sistema DVB-S, DVB-C é usado em todo o mundo. Cerca de 1 bilhão de receptores DVB são usados ​​em todo o mundo. O DVB não é criptografado e é transmitido para que qualquer pessoa possa receber o sinal se você tiver as ferramentas e o conhecimento corretos. Desde 2002.

As comunicações por satélite que os navios, aviões e setores militares usam para se conectar à Internet são vulneráveis, como esperado, poderiam realizar “ataques”. Transformando antenas de satélite em armas que operam, Essencialmente, Como fornos de microondas, Vamos tá fazendo mais pesquisas sobre, em especial satélites de comunicação e rádio transmissores.

veja como interceptar as comunicações via satélite.

Jamming é provavelmente a técnica de hacking por satélite mais conhecida; o atacante inunda ou subjuga um sinal, um transmissor ou um receptor, interferindo na transmissão legítima.

A interferência tornou-se a principal causa da deterioração e degradação dos serviços de satélite. Os hackers usam uma antena direcionada para produzir a interferência, geralmente um sinal especificamente criado com energia suficiente para anular o sinal original transmitido. O empastelamento de satélites é um método de hacking frequentemente usado para interferir na comunicação para distribuição de mídia para fins de censura. As duas formas de saturação de satélites são “orbitais” e “terrestres”:

Em interferência orbital, o atacante envia um feixe de sinais contraditórios diretamente em direção a um satélite através de uma estação de ligação ascendente desonesta. Os sinais de interferência são misturados com os sinais legítimos, interferindo assim com eles. Os sinais de interferência podem anular a transmissão legítima, bloqueando sua transmissão para o destinatário.

HARDWARE

Para farejar a transmissão por satélite, você precisará de uma antena parabólica com o LNB (Low Noise Block Down Converter). Quanto maior o prato, melhor a faixa de sinal que ele pode escolher.

INTERFACE

Uma placa sintonizadora DVB é um tipo de placa que permite que sinais de satélite sejam recebidos por um computador. A maioria dos sintonizadores DVB também funciona como placas de captura de conteúdo de vídeo e multimídia, permitindo que eles gravem conteúdo de satélite em um disco rígido. As placas vêm nos padrões PCI Express (PCIe), PCMCIA, ExpressCard ou dispositivos USB.

FEED HUNTING

Agora você precisará de um software de scanner de alimentação (Feed hunting) para fazer varredura automática e streamreader.dll, é basicamente o driver de protocolo que transforma fluxos em dados legíveis, como arquivos binários e ASCII “Vídeos, documentos, páginas, torrents, arquivos .iso ”. Existem muitos softwares gratuitos disponíveis online. Alguns dos softwares de digitalização são Easy Blind Scan. Com este software, você pode fazer o Blind Scan e o Auto Scan.

SNIFFING em SATÉLITE

Você precisará de um software de sniffing dependendo do motivo final. Esses softwares permitem o download offline de dados, transmissão ao vivo de rádio e vídeo, internet via satélite e interceptação de sinais.

Exemplos e melhores softwares:

SkyGrabber

O SkyGrabber é um software que é usado para sintonizar uma antena parabólica para a melhor recepção de serviço de internet via satélite ou programação de televisão

DVBsnoop

O Dvbsnoop é um programa analisador de fluxo DVB / MPEG, que permite assistir (ao vivo) transmitir informações em legível por humanos, de acordo com especialistas da organização de segurança cibernética. Sua finalidade é depurar, descarregar ou visualizar informações de fluxo digital (por exemplo, transmissões de televisão digital) enviadas via satélite, cabo ou terrestre.

Você pode usar o tipo de software DVBSnoop com wireshark para fins de análise de dados. E pode ser usado para ataques um pouco complexo para explicar.